21/05/2009

O grito silencioso




46 milhões de abortos são cometidos em média por ano, milhões e milhões de bebês são mortos de hora em hora, de minuto á minuto. Esse é quadro que vem crescendo cada dia mais. Não sou do tipo que fecho o cerco a minha opinião, mas nesse caso defendo a minha tese até o fim. Li uma frase alguns dias e achei muito interessante: “ É fácil defender o aborto,quando se já está vivo”, foi comprovado cientificamente que com uma semana de gestação já tem um coração batendo dentro da barriga da mulher,corações que são diariamente interrompidos, por monstros que dizem ser médicos, que tiram vida de crianças que nem ao menos tem como se defender. Óbvio que existem casos e casos, como o daquela menina de 9 anos, eu era extremamente á favor do aborto, somente pelo fato de que foi uma situação lamentável, como uma menina que nem tinha seu organismo totalmente formado iria dar a luz a um bebê. Agora milhares e milhares de adolescentes irresponsáveis, cometem o ato sexual sem proteção (mesmo com tantos recursos a disposição), descobrem que daqui a 9 meses irão dar a luz a uma criança e como se fossem comprar bala, visitam a clínica mais perto de sua casa e cometem um assassinato, Não tem justificativa tirar a vida de uma criança por um erro seu, um erro que você própria cometeu. O único que pode tirar a vida de uma pessoa é Jesus, assim como ele dá somente ele pode tirar. Por favor, não matem a vida de que não pode se defender, não cale o grito de quem não pode ao menos gritar, lembre-se que tudo que vai de alguma forma volta, você pode estar matando a vida de um homem ou de uma mulher que poderia fazer muito pela humanidade. Não sejam assassinos, não cometam esse crime! Diga não ao ABORTO!

3 comentários:

JOão disse...

Eu também era firmemente contra, entretanto temos que observar como o assunto é mais complexo do que pensamos.
Os defensores do aborto defendem a idéia de que legalizar o aborto seria preservar a vida da mulher que hoje, quando quer abortar, não se intimida pela lei e procura clínicas sem as menores condições de higiene.
E como dito no post, há casos e casos.
Do ponto de vista da saúde pública o aborto também seria visto como uma saída para vários problemas.
É, é. Parace meio frio, eu sei. Mas temos que pensar em todos esses pontos no momento de se posicionar.
Um ABÇ e sucesso com o blog.




http://listadeideias.blogspot.com

Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...

Sou definitivamente contra abortar uma criança, exceto nos casos previstos em leis. O nosso presidente, excelentíssimo, -ironic- como chefe de estado diz que essa é uma saída social. Ignorância pura. Desculpa esfarrapada. O que há de se fazer é a prevenção da gravidez precoce.

Mulheres chegam a pagar uma quantia considerável para fazer um aborto em clínicas clandestinas. É caro fazer um aborto. Melhor refletir. Se elas pagam altas quantias para tirar o feto, será que elas estão fazendo aborto por não terem condições de manterem uma criança? Não são as classes mais baixas que mais recorrem a estes métodos.

Pensar que um feto é a extensão da mulher e faz parte do corpo dela é um grande erro. Aborto deve ser punido!

parabéns pelo seu post!

Blog Suicide Virgin

Postar um comentário

Obrigado por está expondo sua opinião comentando neste post. Com toda certeza seu comentário e sua opinião, fazem toda a diferença para que esse blog possa crescer e ficar cada diaa melhor . Beijos

Juliana M.