29/11/2009

...


E tão certa como o meu coração estava,vi meus olhos se encherem de lágrimas. Não por estar triste, ou por estar confusa em relação a minha decisão, mas sim por saber que já era chegado a hora, o tão temido momento chegou sem que eu pudesse ao menos me preparar,sem me dar a menor chance de explicar a mim mesmo o que havia acontecido. Guardei tudo que você havia me dado, todas as esperanças frustradas, todos os sonhos desmantelados, e todos os projetos esquecidos,guardei todos eles em um lugar que ninguém nunca mais ousaria em tocar.Tirei do armário, tudo que pudesse lembrar você, seu telefone da minha agenda apaguei, uma regra impus em minha casa, de nunca mais ninguém deixar você sequer pôr os pés lá. Um forte esquema foi armado para que se consumasse o fato da despidida. E naquela noite você chegou, chegou em minha casa como se nada tivesse acontecido, olhou em meus olhos e disse com uma voz sussurante que me amava, que eu era sua única mulher.A voz que sempre me encheu de esperança, começava a me dar nojo, as mãos que faziam meu corpo suar de nervoso, começava a me dar repugnância,e em frações de segundos vi meu coração, sim aquele que eu prometi e te dei por inteiro, vi esse mesmo se quebrando em pedaços. Algo aconteceria naquela noite, creio que você já soubesse o que era, mas por que não aceitar, por que era tão difícil entregar suas coisas, e pedir para nunca mais me procurar, por que era tão difícil aceitar que o fim já havia chegado. Talvez seja por que por mais que eu não aceite, ele não chegou, mas por uma escolha minha eu precipitei o final. Sem dar sequer uma palavra, eu olhei em seus olhos, entreguei todas as suas coisas e abri a porta da minha casa, sem saber que naquela mesma noite eu tinha dado um grande passo na minha vida e então pude perceber que mesmo não tendo aprendido dizer adeus, mesmo correndo o risco de sofrer, o destino estava traçado, e a nossa história tinha chegado ao fim. Olhando você caminhar pela rua, com somente a lua para te iluminar, pude então perceber. Um rumo eu tomaria na minha vida e nele você não estaria mais presente.Fechando a porta contei um segredo as estrelas:" Ele não sabe, mas ele foi e sempre será o único amor an>

2 comentários:

Brunna disse...

É triste, mas ficou lindo! :D
Beijão

Living life disse...

é Tristee mesmoo.. mais voce escreveeu com sentimentoo! adoreei mesmoo

Postar um comentário

Obrigado por está expondo sua opinião comentando neste post. Com toda certeza seu comentário e sua opinião, fazem toda a diferença para que esse blog possa crescer e ficar cada diaa melhor . Beijos

Juliana M.